sábado, 24 de março de 2012

RTP - PRAÇA DA ALEGRIA

Após 4 anos da estreia do Documentário Névoa no Vale a aldeia ainda  recorda com carinho
o filme que tornou a aldeia mais isolada de Portugal conhecida do grande público.
Sentir que este Documentário foi importante para os habitantes de Covas do Monte é para mim a
maior das recompensas.

Emissão transmitida no dia 22 de Março de 2012
Clicar em baixo e ver a partir de 48m.25s


RTP - PRAÇA DA ALEGRIA


.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

OS ROSTOS DE CRISTO ( Trailer )

.



As filmagens do Documentário " OS ROSTOS DE CRISTO " terminaram, e após a fase de edição o filme está finalmente concluído para a sua primeira exibição pública  a realizar no Salão Nobre dos Bombeiros
Voluntários de Coimbrões no dia 16 de Julho de 2011 , 21.00 h.
A entrada para a estreia será gratuita. 





.


Um filme de Victor Salvador com música original de Josué David







Cartaz do filme





Exibição do Documentário " OS ROSTOS DE CRISTO "

Após longas horas de filmagem e edição do filme, é com enorme alegria que posso afirmar...
Valeu a pena... se valeu
Quando se passa por um processo de criação, e através das imagens captadas pretende-se
atingir bem fundo o coração de quem vê, existe sempre o receio de não se conseguir passar a mensagem .
Durante a exibição fui observando os rostos e esse receio foi desvanecendo...pelas expressões estava
a alcançar tudo o que pretendia.
Não desejei apenas realizar um filme agradável, mas sim algo que torne evidente a relação íntima e de
Amor que o ser humano e como homens de fé guardam por Jesus e pela sua mensagem.
Ao olhar toda a plateia não tive dúvidas que estava perante os rostos de Cristo.














.


terça-feira, 19 de abril de 2011

Documentário " OS ROSTOS DE CRISTO "





Durante o mês de Abril decorrem as filmagens de Os Rostos de Cristo.
Semana após semana acompanho todos os intervenientes que participam na Via Sacra.Rostos diferentes, pessoas diferentes, mas todos unidos pelo mesmo sentimento de fé.
Sentimento este que procuro captar neste filme.
Acompanho estas pessoas na sua vida diária, durante os ensaios, e terminarei no dia 22 de Abril no qual a camera captará o culminar deste acontecimente de fé.
Os Rostos de Cristo mais do que um Filme é um testemunho vivo em que a camera tomou parte activa de todo este acontecimento.
Manter as distâncias por vezes é dificil...
Mas este filme não é realizado para os criticos de Cinema mas sim para algo
de muito mais sublime.
Aliás que importância terá a opinião favorável de pseudo criticos quando a nossa íntima opinião não é de todo favorável.
O verdadeiro Cinema só pode acontecer quando nasce de algo e não para algo.



.

ANDANÇAS 2011









A convite do Andanças 2011 Festival Internacional de Música e Danças Populares a realizar em Carvalhais S.Pedro do Sul de 1 a 7 de Agosto, os Documentários "Névoa no Vale" e "No Domínio dos Tempos" terão exibição pública no dia 1 de Agosto no local do Festival.


NOTICIAS VÁRIAS NOTICIAS VÁRIAS  NOTICIAS VÁRIAS               http://aeiou.expresso.pt/caretos-de-podence-em-documentario=f534522

.http://www.brigantia.pt/index2.php?option=com_content&task=view&id=2717&pop=1&page=0

http://novacasaportuguesa.blogspot.com/

http://dissidentes.blogspot.com/

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Novo Documentário em 2011 " Os Rostos de Cristo "



.

Os Rostos de Cristo é um filme de contemplação do ser humano na sua procura de relação íntima com a fé e a espiritualidade.
Pessoas diferentes de estratos sociais diferentes mas unidas na mesma comunhão de fé.
A preparação e realização da Via Sacra com as pessoas que unem esforços
para colocar de pé este acontecimento será documentado em vídeo.
O filme vai ser captado em HD e as filmagens decorrerão nos meses de Fevereiro a Maio.




.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Névoa no Vale e No Domínio dos Tempos selecionados no AVANCA 2010




Os Documentários " Névoa no Vale " e " No Domínio dos Tempos "foram selecionados para
a secção Panorama do Cinema Português dos encontros de Cinema, Televisão e Multimédia
do AVANCA 2010, que se realizou de 23 e 28 de Julho a 1 de Agosto.

A décima quarta Edição da Competição Internacional do Festival de Cinema de Avanca 2010 que decorreu entre quinta feira e Domingo apresentou 80 filmes inéditos em Portugal e duas novas competições: uma para as 27 estreias Mundiais do certame, e
outra para 20 trailers.

As obras em exibição foram selecionadas entre mais de 1000 candidaturas oriundas
de 24 Países.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Novo Ano Novo Documentário




Com a entrada de 2010 surge a vontade de continuar o trabalho que iniciei com o Documentário " Almas de uma Terra" seguido de " Névoa no Vale" e por último " No Domínio dos Tempos "
Documentar o nosso Povo nas suas variadas componentes culturais e de vida são a base de todos os filmes.
Neste seguimento irá ser realizado ao longo do ano o novo Documentário " Douro Vidas em Socalco "
Este Filme terá como cenário o Douro Vinhateiro, e as suas gentes.Homens e mulheres que ao longo dos tempos moldaram toda a região e a tornaram o símbolo de um dos produtos mais representativos do nosso País no estrangeiro;o vinho do Porto.

terça-feira, 3 de novembro de 2009

dOHCS - Ciclo de Documentários de autor - Noticia na Rádio Boa Nova de Oliveira do Hospital

21/01/2010 - 12h50 - Ciclo de Documentários de Autor em Oliveira do Hospital
A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital leva ao Auditório da Casa da Cultura César Oliveira, às quartas, quintas e sextas-feiras, sempre às 15h30, o dOHcs - Ciclo de Documentários de Autor. A autarquia considera que este ciclo de documentários se reveste da maior importância para a compreensão da nossa identidade local, regional e nacional, para além de servir como forma de divulgação e promoção deste tipo de cinema. Assim, a 20 e 27 de Janeiro, passa o documentário “No Domínio dos Tempos”, acerca dos caretos de Podence. A tradição de uma arte secular. Quem já passou por Trás-os-Montes entre o Natal e o Carnaval decerto que se deparou com estas criaturas pagãs admiráveis, os caretos. Estes homens que, por altura do Carnaval, saem à rua das vilas e aldeias transmontanas, são figuras únicas e míticas daquela região, conhecidas de uns, mas desconhecidos da maior parte. Oportunidade então para assistir a um documentário fantástico e cheio de brilho sobre os caretos de Podence.

www.radioboanova.com/inf_regional3.htm

sábado, 19 de setembro de 2009

Névoa no Vale encheu auditório das Termas Raínha D. Amélia em S. Pedro do Sul no dia 18 de Setembro 2009







A exibição do Documentário " Névoa no Vale " teve presente a principal figura do filme a D. Maria e os elementos mais novos da aldeia a Ana e o Filipe que também participaram no Documentário
video

Névoa no Vale - Entrevista à rádio Vouzela

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Trailer do Documentário " NO DOMÍNIO DOS TEMPOS "














O Documentário " No Domínio dos Tempos " já se encontra no circuíto comercial

Mais informações através da Alfândega Filmes a distribuidora deste filme.



-

No domínio dos Tempos

NN - Macedo de Cavaleiros, Segunda-feira, Junho 01, 2009

O documentário "No Domínio dos Tempos" realizado por Vítor Salvador retrata as enigmáticas figuras dos Caretos de Podence. O filme, rodado em Podence, concelho de Macedo de Cavaleiros, incide sobre uma das mais conhecidas tradições culturais da região.
Um documentário que entra no âmago cultural do Nordeste Transmontano. Um filme de magia e erotismo.
Máscaras, fogo e histórias de outros tempos. A igreja e a tradição pagã.
Música, tradição e crítica social; o regime salazarista e a sua influência.
As figuras enigmáticas do Nordeste Transmontano: um filme de transmontanos para o mundo.

As declarações do realizador:

"Através do Documentário " NO DOMÍNIO DOS TEMPOS " procuro retratar esta realidade do Nordeste Transmontano; a ancestral tradição dos Caretos de Podence.

Embora esta seja uma tradição pagã eu quis ouvir a igreja e a sua opinião. Falei com habitantes de Podence que noutros tempos foram caretos, percorri as ruas desta aldeia à procura de histórias, e sintetizei todos estes sentimentos, sons e imagens neste filme.

Esta tradição pagã convive de uma maneira pacífica com uma terra na qual a religião cristã está enraizada.

No meu último Documentário " Névoa no Vale " que foi filmado integralmente na isolada aldeia de Covas do Monte no centro do País, e no qual retratei o problema da desertificação humana, tive a preocupação de trazer para o filme o sentimento humano; é este sentimento que também procuro retratar no "Domínio dos Tempos".

Mais do que qualquer tradição ou costume, procuro o que está por detrás; o homem e os seus sentimentos. Este filme é essencialmente a transposição para o vídeo de emoções que captei nesta Terra. Poderão variar as tradições, os fatos, a música, mas a alma humana é essencialmente a mesma em qualquer parte do Globo".


Ano: 2009

País: Portugal

Género: Documentário

Realização: Victor Salvador

ESTREIA a 22 DE AGOSTO EM PODENCE - CASA DO CARETO
NO DOMÍNIO DOS TEMPOS







ESTREIA - A afluência do público ao auditório da Casa do Careto excedeu as melhores expectativas.








[2009-08-24] ONDA LIVRE


Por: Miguel Midões



Os caretos de Podence, em Macedo de Cavaleiros, foram alvo de um documentário do realizador português Vítor Salvador, que foi apresentado, este fim-de-semana, na Casa do Careto.
As figuras enigmáticas desta aldeia transmontana são as personagens principais de “No Domínio dos Tempos”. Vítor Salvador tem por gosto documentar tradições seculares portuguesas e explica porque escolheu os Caretos de Podence como mote para mais um trabalho.
“Tento que todas as tradições portuguesas sejam ao máximo conhecidas. O meu último trabalho foi exactamente a mesma coisa, numa aldeia muito remota de Covas do Monte. Aqui, através de um passeio que fiz conheci os caretos e achei muito interessante divulgá-los, não só os caretos, mas também as pessoas que fazem parte, ou fizeram parte desta tradição”.

Este é o terceiro documentário de Vítor Salvador. O realizador confessa que não é só a tradição que o leva a aprofundar uma cultura, mas também todo o sentimento que se gera em torno da mesma.

“Nos meus documentários procuro buscar sempre o sentimento que anda à volta da tradição em si, que tenta perceber toda a envolvência que anda à volta do ritual, vidas, costumes, que contribuíram para a divulgação do ritual”.

A Casa do Careto, em Podence, encheu no passado sábado para assistir ao documentário “No domínio dos tempos.

Das filmagens à realização e pós-produção foram quatro meses de trabalho.

Vítor Salvador ainda não sabe onde será o seu próximo documentário, mas promete que se tratará de uma cultura nacional que necessita de divulgação.

Trailer do Documentário " NÉVOA NO VALE "














Video da reportagem efectuada pela SIC na estreia de " Névoa no Vale " e Vídeo da entrevista dada à RTP Jornal Nacional


video
video
video

Entrevista efectuada pela RTP à principal personagem do Documentário " NÉVOA NO VALE "




Entrevista dada à Rádio

Imagens das Filmagens de " NÉVOA NO VALE "























Estreia de NÉVOA NO VALE

Estreia de " Névoa no Vale " 5 de Abril de 2008
A estreia do filme teve lugar em Covas do Monte, a aldeia retratada neste Documentário.
Além das pessoas vindas do exterior, estiveram presentes os habitantes de Covas do Monte

















A presença da SIC na estreia




-
Domingo, 6 de Abril de 2008


S. Pedro do Sul: Habitantes de Covas do Monte assistem em primeira mão a documentário onde são protagonistas
-

Viseu, 05 Abr (Lusa) - «Os habitantes da pequena aldeia de Covas do Monte, situada num "buraco" da serra, no concelho de S. Pedro do Sul, assistem hoje à estreia do documentário "Névoa no Vale", do qual são os protagonistas.

O documentário, com estreia marcada para o final da tarde de hoje, na antiga escola primária de Covas do Monte, foi realizado por Victor Salvador, e, à semelhança do seu anterior trabalho "Almas de uma terra", sobre os comerciantes do Mercado do Bolhão (Porto), pretendeu captar a genuinidade dos seus habitantes.

Em Covas do Monte, os pouco mais de cinquenta habitantes convivem diariamente com 2.300 cabras, o que dá um ambiente singular à aldeia, que tem tentado lutar contra a desertificação, apesar do isolamento em que vive.

"Neste filme pretendo captar toda a vivência das poucas pessoas que habitam esta aldeia isolada e cravada na serra. Terra de lendas que se perdem no tempo, de sofrimentos e dificuldades, a que o isolamento a que está prostrada muito contribuiu", justifica o realizador.

Na sua opinião, estas pessoas "terão algo a dizer ao mundo exterior", onde a vida é "intensa e stressante, onde o tempo não é o mesmo que envolve" o vale de Covas do Monte.

Após quatro meses de filmagens e o trabalho de edição, "Névoa no Vale" está pronto para "dar a conhecer a realidade de uma aldeia que procura fugir à desertificação".

Segundo Victor Salvador, "foram momentos de grande intensidade emocional" para toda a equipa, que conheceu "pessoas extraordinárias, simples na sua vida diária, mas incrivelmente ricas nos valores humanos".

"O meu desejo é que este filme sirva para chamar a atenção de que neste Portugal temos algo de imensamente rico: a nossa cultura, as nossas tradições, as nossas gentes", frisou, fazendo votos para que seja "uma pedra na engrenagem acelerada da desertificação".

Como forma de reconhecimento do empenho destas pessoas no documentário, o realizador decidiu estreá-lo precisamente na aldeia.

A equipa de Victor Salvador contou com o apoio do Projecto Criar Raízes, de S. Pedro do Sul, que, juntamente com o Instituto das Comunidades Educativas, tem trabalhado para criar em Covas do Monte pontos de interesse económico, cultural e ambiental que lhe permitam sobreviver à desertificação.

Covas do Monte vive sobretudo da pastorícia, com a ajuda dos subsídios comunitários que levaram ao aumento do número de cabras que, ao início da manhã e ao final da tarde, invadem as ruas da aldeia.

As cabras são pastoreadas de forma colectiva, cabendo normalmente a dois "pobreiros" (nome dado na aldeia aos pastores) em cada dia a tarefa de subir os montes íngremes para as orientar, na qual até os mais idosos participam.

Esta realidade singular levou o Projecto Criar Raízes a, no ano passado, ter criado a Rota do Pobreiro, permitindo a queira subir aos montes com os pastores e com eles passar o dia.»

AMF.


ENTREVISTA AO JORNAL DO CENTRO


Conversas (Vítor Salvador, Realizador)
“Tenho necessidade de acreditar que lugares como Covas do Monte não vão deixar de existir”
Como é que conheceu a aldeia de Covas do Monte e porquê é que decidiu fazer um documentário sobre esta aldeia serrana e a serra da Arada?No ano de 1998 realizei um documentário na aldeia de Drave, serra da Arada. O filme com o título " Uma Aldeia duas vidas " retratava a vida do casal Martins que, na altura, eram os últimos habitantes da aldeia. Neste momento a pequena aldeia de Drave está completamente desabitada. Devo mencionar a forma simpática e aberta como o Sr. Martins nos recebeu. E foi a partir desse dia que ficou cravado em mim a vontade de conhecer estas pessoas que lutam contra o isolamento. Voltei à serra em 2007 e conheci a aldeia de Covas do Monte. Fiquei fascinado pela terra e pelas gentes. Senti que aqui ainda existia alguma esperança de continuidade, e resolvi dar o meu contributo: realizar um Documentário que falasse da aldeia que luta contra a desertificação.
"Névoa no Vale" trata-se de um trabalho documental ou ficcional?
O Filme é essencialmente documental. Tal como no documentário "Almas de Uma Terra", que retrata a vida dos comerciantes do Mercado do Bolhão no Porto, tive a preocupação de não manipular qualquer cena. Procurei que a genuínidade estivesse sempre presente.
Que mensagem pretende transmitir com o documentário?
Esperança. Tenho necessidade de acreditar que lugares como este não vão deixar de existir. Peço para que os Governos olhem para as aldeias do interior do nosso país e percebam que as mesmas podem ser uma mais valia na nossa cultura e economia. Não devemos esquecer o Portugal mais profundo, o genuíno, aquele que ainda nos mantém de cabeça erguida nesta Europa cada vez mais uniformizada.
Como reagiram os habitantes de Covas do Monte às câmaras e à ideia de alguém realizar um documentário sobre as suas vivências e experiências de vida?Desde o primeiro dia que visitei Covas do Monte e expus o meu projecto à aldeia, a reacção dos habitantes de Covas do Monte tem sido a de plena alegria e empenhamento no filme. Sentiram não estar esquecidos. E, por esse motivo, deram o melhor.
Quais foram as maiores dificuldades sentidas durante as gravações?
Posso dizer que graças a Deus não tivemos dificuldades de maior. Provavelmente o que mais nos custou foi conseguir acompanhar os pobreiros (pastores) que diariamente sobem estas encostas com o gado. Todo o equipamento que levávamos ao chegar ao cume da serra parecia pesar toneladas. Mas como todo o processo de filmagem foi realizado ao longo de quatro meses tivemos tempo de nos recompor das variadas experiências.
A estreia do documentário na própria aldeia foi uma decisão do realizador?
A escolha de Covas do Monte para a estreia de " Névoa no Vale " deve-se ao sentimento de gratidão que tenho para com todos os habitantes desta aldeia. Após tantos meses de convívio e participação destas gentes não poderia deixar de realizar este momento na aldeia que deu voz corpo e alma ao projecto. No dia 5 de Abril, às 19h30 na antiga escola primária o filme terá a sua primeira exibição pública.
ed. 316, 04 de Abril de 2008


-->





São Pedro do Sul




Rota do Pobreiro e estreia de “Névoa no Vale”



A Rota do Pobreiro, na aldeia de Covas do Monte, volta a ser palco de uma caminhada que segue os passos ancestrais da pastorícia comunitária.

Trata-se da inauguração do novo ciclo dos Ritmos da Terra e Cinema nas Aldeias (2008). A actividade, agendada para 5 de Abril, culminará com a exibição do documentário "Névoa no Vale", um filme de Victor Salvador, sobre a aldeia de Covas do Monte e suas gentes, em estreia absoluta.
Notícias & Eventos




Governador Civil assistiu ao documentário Névoa no Vale

8.4.2008



No dia 5 de Abril o Governador Civil do Distrito de Viseu, Acácio Pinto, deslocou-se a Covas do Monte, aldeia situada no concelho de São Pedro do Sul, no maciço da Gralheira, a fim de poder assistir à apresentação do documentário de Vítor Salvador sobre a vida naquela aldeia comunitária, com o sugestivo título de “Névoa no Vale”. Durante cerca de quatro meses este realizador captou o viver quotidiano dos cinquenta e oito habitantes e da sua relação com a serra e com o gado.

“Névoa no Vale” constitui, pois, uma história onde os sentimentos humanos são a máteria prima, numa aldeia serrana onde todos são pastores e lutam contra a desertificação humana.

Estiveram, igualmente presentes, entre outros, o Bispo de Viseu, D. Ilídio, Leandro, o Vereador da Câmara de S. Pedro do Sul, Dr. Adriano Azevedo e o Presidente da Junta de Freguesia local.





Fonte: Governo Civil do Distrito de Viseu

Documentário ALMAS DE UMA TERRA

Documentário " ALMAS DE UMA TERRA "

-
Vencedor do Festival Internacional de Video do Algarve FIVA 2007
-
-
Medalha atribuída pela PSA Association Photografic Society of America
-
Troféu do Governo Civil de Faro
-
Filme onde é retratada a vida dos vendedores do Mercado do Bolhão na Cidade do Porto
Um Documentário que sente os sentimentos mais profundos daqueles que todos os dias
trabalham no Mercado mais emblemático da Cidade do Porto
-
-
O Festival Internacional de Vídeo do Algarve, premiou 9 dos 45 filmes
selecionados a concurso de vários pontos do Mundo.
Foi realizado em Sives no Algarve no dia 29 de Junho de 2008 um jantar
de entrega de prémios, no qual esteve presente para a entrega dos mesmos
a Governadora Civil de Faro Dra. Isilda Guimarães.

Documentário VIA SACRA

Documentário " VIA SACRA "
Menção Honrosa no FIVA 2006
Através do percurso percorrido pelas
gentes de St. André de Canidelo durante a realização da Via Sacra, foi captado este filme, no qual se procura transmitir os sentimentos de fé existentes nestas manifestações religiosas.